Anúncios

Fernando Oliveira

Foi um fim de semana de tempo cinzento, instável e úmido em que somente a vegetação da primavera conseguiu proporcionar colorido à paisagem em Porto Alegre (foto) e no interior.

A instabilidade perdeu força ontem, mas ainda choveu muito durante o sábado, sobretudo no começo do dia. Apenas na madrugada de sábado, a Capital registrou 50 mm de precipitação. Para se ter ideia, de quarta-feira até ontem, alguns bairros de Porto Alegre anotaram 110 mm, quase a média histórica de chuva de outubro todo. Nos vales, a chuva foi ainda mais volumosa com acumulados entre quarta e ontem de 150 mm a 200 mm.


Com isso, já no dia 7 de outubro se tem a certeza que grande parte do Estado terminará o mês com chuva acima da média, sendo que algumas regiões terão volumes muito acima da normal histórica de outubro. Até porque são esperados novos eventos de chuva até o fim do mês e alguns com acumulados novamente expressivos.


A semana que começa, entretanto, deve ter o predomínio do tempo seco. Esta segunda vai marcar o início de uma sequência de dias com sol no Rio Grande do Sul. Nuvens vão aparecer e se projeta nevoeiro e neblina no começo do dia em algumas regiões, mas a tônica desta semana será mesmo o sol.

A temperatura estará agradável na maior parte do dias, porém o calor retornará. Aquece muito entre sexta-feira e sábado, dias que serão muito quentes no território gaúcho. O próximo sábado, feriado, tende a ser o mais quente com marcas até perto de 40ºC em algumas localidades.

A chuva retorna de forma generalizada entre o próximo domingo e a segunda-feira da semana que vem com prováveis temporais.

Anúncios