Anúncios

Porto Alegre não teve só o maio mais chuvoso desde 1984. Teve também o maio mais quente desde 1991. A temperatura média compensada do mês, disponibilizada ontem pelo Instituto Nacional de Meteorologia, foi de 19,2ºC. Abaixo dos 19,4ºC de 1991 e os 19,6ºC de 1967. A temperatura no último mês na Capital ficou nada menos que 2,4ºC acima da média histórica mensal (série histórica 1961-1990).

Por sua vez, os três meses do denominado outono climático (março, abril e maio) tiveram temperatura acima da média em 2019 na Capital com desvios respectivos de +0,1ºC, +1,9ºC e +2,4ºC. Isso fez do trimestre de outono climático deste ano o mais quente em Porto Alegre desde 2002. A temperatura média do último trimestre na cidade foi de 21,4ºC, semelhante a do ano passado, mas inferior aos 21,9ºC de 1980 e 2002.


Janeiro neste ano foi o mais quente em Porto Alegre desde que se iniciaram as medições regulares na cidade em 1909. Já no ano passado, o abril foi o de maior temperatura média na Capital também desde o início das medições mais de um século atrás.


O maio de frio escasso e o outono mais quente de 2019, assim, não são fatos climáticos isolados e se inserem num contexto de evidente mudança do clima local que acompanha a tendência planetária de temperatura média em elevação com sucessivos recordes.  (Com foto de capa de Fernando Oliveira)

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios