Anúncios

Amanhecer de hoje em Sobradinho com sol e aumento de nuvens teve vento Norte e temperatura alta | IARA PUNTEL

Não é algo que seja anormal e todos os anos ocorre, em muitos anos até várias vezes, mas não deixa de chamar a atenção e intrigou muita gente hoje cedo no Rio Grande do Sul. O amanhecer deste sábado foi com temperatura muito alta e bastante superior ao que se registrava no início da noite e começo da madrugada. A noite que começou fria terminou em um amanhecer com temperatura alta.

Veja o que aconteceu na cidade de Campo Bom, no Vale do Sinos, na Grande Porto Alegre. A temperatura ao amanhecer, com o nascer do sol hoje às 7h20, era de 24,1ºC. Com a média das mínimas de julho está entre 9ºC e 10ºC, são cerca de 15ºC acima do que normalmente costuma ocorrer no horário. A temperatura, com efeito, era mais alta ao amanhecer hoje no município que ontem no meio da tarde, quando os termômetros indicavam 21ºC.


A temperatura subiu durante toda a madrugada. Ontem, às 21h, fazia 11,7ºC. A mínima de hoje se deu ao redor da 0h de hoje com 10,5ºC. A partir daí a temperatura começou a subir. À 1h, a cidade anotava 11,1ºC. Às 2h, a estação meteorológica indicava 11,5ºC. Então, o salto. Às três da manhã, temperatura de 17,7ºC. E que seguiu subindo forte com 21,4ºC às 4h, 22,5ºC às 5h e 23,1ºC às 6h, e, finalmente, os 24ºC do amanhecer.

A temperatura, assim, subiu impressionantes 10ºC em só duas horas no meio da madrugada em Campo Bom. Na véspera, o amanhecer na cidade do Vale do Sinos tinha sido de 5ºC e com geada em alguns pontos do município, ou seja, a temperatura no amanhecer de hoje foi incrivelmente 19ºC mais quente do que o da sexta-feira.


Outras cidades gaúchas amanheceram também com temperatura acima dos 20ºC. Às 7h, fazia 20,1ºC em São Luiz Gonzaga, 21,1ºC em São Vicente do Sul e Rio Pardo, 22,3ºC em Teutônia e 22,8ºC na cidade de Santa Maria. Exceção do Noroeste gaúcho, a quase totalidade das cidades que tiveram um amanhecer quente hoje estão situadas em vales ou junto a morros.

Então, o que aconteceu para que a temperatura subisse tanto, tão rapidamente e o amanhecer fosse tão quente e com marcas de verão às 7h da manhã em algumas cidades gaúchas em pleno dia 2 de julho?

A resposta está no vento. Uma intensa corrente de jato passou a atuar no Rio Grande do Sul a partir do final da sexta-feira e ganhou força na madrugada deste sábado. É como se fosse um corredor de vento forte a intenso na atmosfera, a uma altitude ao redor de 1.500 metros de altitude, que se origina na Bolívia e no Centro-Oeste do Brasil, e que traz ar seco e quente para o Rio Grande do Sul.

Por isso, a temperatura não apenas disparou na madrugada em algumas cidades gaúchas como ainda houve registro de vento Norte. Estação oficial em Teutônia, no Vale do Taquari, anotou rajadas de vento Norte de 73,4 km/h às 6h da manhã. Durante a manhã, a base aérea de Santa Maria registrou vento de 63 km/h nas rajadas.

A sondagem por balão meteorológico lançado às 9h da manhã deste sábado identificou muito bem as condições atmosféricas que levaram ao amanhecer muito quente de hoje em diversas cidades. Os dados mostraram um perfil vertical da atmosfera típico da presença de uma forte corrente de jato em baixos níveis.

A temperatura em superfície no aeroporto às 9h era de 14,2ºC, entretanto a 600 metros de altitude fazia 20,8ºC, a 1.500 metros a temperatura era de 16,8ºC. A 1.100 metros de altitude sobre Porto Alegre, às 9h, o sensor apontou vento de direção Noroeste de 57 nós, ou 105,6 km/h, portanto a corrente de jato em baixos níveis da atmosfera. A temperatura também subiu na madrugada no aeroporto, mas sem o salto visto nas cidades dos vales, onde o efeito do relevo gera elevação muito acentuada da temperatura por aquecimento adiabático na presença de forte vento Norte.

Justamente a corrente de jato, trazendo ar seco e quente, é responsável pelo sábado com alta temperatura e abafamento na Metade Norte do Rio Grande do Sul. Ao meio-dia deste sábado, a temperatura era de 29,5ºC em Campo Bom enquanto em Porto Alegre os termômetros indicavam 26ºC. Na mesma hora, no Sul gaúcho, pelo efeito de uma frente fria, a temperatura era de 12,6ºC em Bagé, 13,1ºC em Livramento e 13,4ºC em Canguçu.

Os próximos dias seguirão com a atuação de correntes de jato em baixos níveis no Rio Grande do Sul, trazendo ar quente e temperatura muito acima do normal para esta época do ano. É o começo do que a MetSul Meteorologia denominou de “recesso do inverno”. Nos dias 4 e 6 de julho, em especial, o jato de baixos níveis pode atuar com força em parte do território gaúcho.

Anúncios