Anúncios

Uma grande tempestade de neve afeta a Cordilheira dos Andes na região de Mendoza. Os acumulados de neve desde ontem se aproximam de um metro na chamada “alta montanha”, o que levou ao fechamento de passagens rodoviárias entre a Argentina e o Chile pela cordilheira (foto). Amanhã, a neve pode cair em pontos das Serras de Córdoba. As nevadas na Argentina são resultado de massa de ar frio que vai ingressar aqui no Rio Grande do Sul no fim de semana.


Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


Apesar das grandes precipitações de neve registradas na Argentina e no Chile, essa massa de ar polar não vai atuar com muita intensidade no Estado. Esfriará bastante, mas nada que fuja ao que é normal nesta época do ano. Antes, o ar frio impulsiona e intensifica uma frente fria que vai avançar pelo território gaúcho entre amanhã e a sexta com chuva em todas as regiões. Alerta-se que haverá episódios de chuva intensa localizada com volumes muitos altos. O modelo WRF da MetSul indica a possibilidade de acumulados de 100 mm a 150 mm em pontos da Metade Oeste. Ainda por conta do sistema frontal não se pode afastar a possibilidade de alguns temporais em setores localizados.

Anúncios