Anúncios

Mauro Schaefer/Correio do Povo/Arquivo

O vento começa a se intensificar e deve soprar ainda mais forte nas próximas horas em diversas regiões do Rio Grande do Sul, adverte a MetSul Meteorologia.

A tendência é que o vento se intensifique mais da tarde para a noite, especialmente entre 15h e 21h. As rajadas vão soprar de Sudeste a Leste e não estão associadas a temporal.

O mapa acima mostra a projeção de vento do modelo WRF da MetSul para a segunda metade do dia de hoje no Rio Grande do Sul. Observa-se a tendência de vento acima der 70 km/h em alguns pontos. Serão horas seguidas de tempo ventoso com rajadas por vezes fortes a até isoladamente intensas.

O vento ocorre pelo contraste de temperatura e pressão entre o Norte da Argentina, com ar mais quente e de baixa pressão atmosférica, e o oceano que tem ar mais atuando e com maior pressão atmosférica, É o gradiente térmico e de pressão que estimula o vento do quadrante Leste. No Extremo Sul gaúcho, registra-se ainda o ingresso de ar mais frio.

primavera é um período em que se dá com grande frequência vento moderado a forte do quadrante Leste que ocorre entre a tarde e a noite. Não à toa cunhou-se a expressão no Rio Grande do Sul de “vento de Finados”, alusiva ao feriado de 2 de novembro.

Nos meses da primavera, as massas de ar frio começam a ter uma trajetória mais marítima enquanto o Norte da Argentina e o Paraguai recebem mais incursões de ar quente de origem tropical.

Este comportamento da atmosfera acaba por determinar os gradientes de temperatura e pressão que resultam em dias ventosos, especialmente em horas da tarde para a noite pelo aquecimento diurno que acentua a diferença de temperatura entre continente e o oceano.

O mesmo ocorre algumas vezes no verão, em particular no Leste gaúcho, o que explica o famoso vento “Nordestão” que atormenta os veranistas.

 

Anúncios