Anúncios

Pancadas muito isoladas de chuva típicas de verão associadas ao calor foram registradas ontem na Metade Norte do Rio Grande do Sul. A temperatura máxima em Santa Rosa foi de 35,1ºC. Em Porto Alegre, na rede do Sistema Metroclima da Prefeitura, a máxima atingiu 31,9ºC na tarde de ontem.

É importante que chova nas áreas produtoras de grãos da Metade Norte do Estado. Segundo o produtor rural Gelson Pezzini, de Santa Bárbara do Sul, a última precipitação expressiva na sua propriedade foi no dia 25 de novembro. O agricultor, em conversa com a coluna, ressaltou a importância de voltar a chover na região de forma mais ampla porque em algumas áreas o milho, que vive a importante fase de enchimento das espigas, já sofre perda de potencial produtivo pela precipitação abaixo da média.



A Metade Norte terá chuva nesta quinta-feira, mas, lamentavelmente, as precipitações tendem a ser muito irregulares com volumes elevados em alguns locais e baixos ou nulos em outros. Na sequência, a região deve registrar vários dias de tempo predominantemente seco com no máximo pancadas muito isoladas de chuva. Por isso, a importância de chover bem nesta quinta-feira nas áreas produtoras de milho do Estado.

A maior irregularidade da chuva que se observa desde novembro no Rio Grande do Sul tem direta correlação com o resfriamento do Pacífico que apresenta condições de La Niña. As áreas que apresentam maiores desvios em relação à precipitação normal são do Sul gaúcho, onde predomina o cultivo de arroz.

Anúncios