Anúncios

Brigada Militar

A estiagem muito forte que atinge o Rio Grande do Sul desde novembro provocou um número recorde de incêndios em vegetação no Estado no mês de março. Março foi extremante seco no território gaúcho com chuva muitíssimo abaixo da média e ainda teve dias de muito calor, inclusive com marcas históricas acima de 40°C em alguns municípios, o que acabou por gerar um mês completamente atípico em número de incêndios.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesauisas Espaciais, o número de focos de calor em março de 2020 no Rio Grande do Sul foi de 227 contra 94 em 2018, 74 em 2017, 39 em

2017 e 33 em 2016. O recorde de março antes de 2020 era de março de 2004 com 225 focos. Em 2004, o Rio Grande do Sul também enfrentava uma estiagem muito forte.

 

Anúncios