Anúncios

Não é mera impressão. Tem chovido muito menos que o normal. Um levantamento da MetSul Meteorologia com cooperação de dados do Oitavo Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia indica que Porto Alegre tem até agora o mês de julho mais seco desde 1951, portanto dos últimos 66 anos. O acumulado de chuva até agora no mês na estação de referência climatológica do Jardim Botânico é de apenas 18,4 mm. Como a previsão é que não chova antes do dia 31, a tendência é esse dado se manter ou no máximo ter acréscimo de poucos décimos por orvalho.

 


 


Há somente dois anos na história climática da cidade em que julho teve volume pluviométrico menor que o deste mês. Em 1939 com 17,7 mm e 1951 com 11,0 mm. Desde 1951 registramos alguns julhos de escassas precipitações, mas não em volumes tão baixos como agora. Em julho de 1979, a chuva somou 19,6 mm. Em julho de 1996, a precipitação acumulou 24,7 mm. No ano passado, o inverno também teve um mês por demais seco. Junho de 2016 em Porto Alegre teve apenas 6,8 mm. A última vez que a Capital teve muita chuva foi entre os dias 7 e 8 de junho, cinqüenta dias atrás, quando em 24 horas o acumulado no Jardim Botânico foi de 90,6 mm com muitos alagamentos na cidade. (Com foto de Brayan Martins/PMPA)

Anúncios