Anúncios

Xinhua

Os volumes extremos de chuva registrados nas últimas semanas submergiram pelo menos um quarto de Bangladesh, na Ásia. É a mais recente calamidade a atingir o país de 165 milhões de pessoas no desastre de “Bangladesh Flooding”. 

Apenas dois meses atrás, um ciclone atingiu o Sudoeste do país. Ao longo da costa, a maré alta engoliu aldeias inteiras. Embora seja muito cedo para determinar qual o papel da mudança climática nessas últimas inundações, Bangladesh já está testemunhando um padrão de inundações mais severas e mais frequentes do que no passado ao longo do rio Brahmaputra, dizem os cientistas, e isso é projetado para piorar nos próximos anos, à medida que as mudanças climáticas intensificam as chuvas.


Estima-se que 24 a 37% do país esteja debaixo d’água, de acordo com estimativas do governo e dados de satélite. Na terça-feira, de acordo com os dados mais recentes disponíveis, quase um milhão de casas foram inundadas e 4,7 milhões de pessoas foram afetadas. Pelo menos 54 morreram, a maioria crianças.


Anúncios