Anúncios

Brasilia festejou durante a segunda-feira. Mensagens nas redes sociais começaram a se multiplicar à medida que a chuva começou a cair. As notícias logo se espalharam e foram acompanhadas de saudações e repercussões bem humoradas na internet.

“Você sabe que a galera é de Brasília quando ela começa a postar fotos dos primeiros pingos de chuva com os agradecimentos e os dizerem: Finalmente chuva, obrigada Deus!”, disse uma usuária do Twitter. “Pessoal aqui está batendo palma e gritando pra chuva. Ai Brasília”, comentou outra.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foram 118 dias seguidos sem chuva neste ano. Intervalo maior do que em 2019, quando a capital federal ficou 113 dias sem precipitação. A estação seca é conhecida típica dos moradores não só de Brasília como de toda a região central do país.

O dia começou com o céu nublado e cinzento pelas nuvens e a fumaça vinda do Pantanal, mas, por volta do meio-dia, a chuva se estendeu para as diferentes regiões administrativas do Distrito Federal.


A chuva ameniza as principais características da estação seca, as altas temperaturas e a baixa umidade. Também contribui para diminuir os focos de incêndio, mais presentes neste ano no Pantanal, mas que também já foram registrados na capital. Além disso, as águas também contribuem para dissipar a fuligem vinda das queimadas do Pantanal e que chegaram ao céu de Brasília ontem. (Com informações da Agência Brasil) 

Anúncios