Anúncios

Fumaça cobre extensa área da América do Sul (NASA)

A área coberta por fumaça de queimadas na América do Sul nesta semana chegou a 3,2 milhões de quilômetros quadrados. O cálculo é de Santiago Gassó, pesquisador da NASA e da Universidade de Washington. Segundo Gassó, a área coberta por fumaça é semelhante à observada nos maciços incêndios florestais que atingem a Sibéria na Rússia. Três milhões de quilômetros quadrados equivalem a dez vezes o território da Itália. 

Queimadas ocorrem todos os anos nesta época mais seca no Brasil Central durante  o inverno, mas neste ano o número de focos de calor está acima da média de anos recentes, em parte pela chuva muito escassa numa extensa área da América do Sul. 

 

Anúncios