Anúncios

Se a última semana foi marcada por calor e um quase prolongamento do verão, essa tem uma pequena prévia do período mais frio do ano. O Rio Grande do Sul amanheceu na segunda-feira com 6,5ºC em Pinheiro Machado e marcas ao redor de 10ºC em diversas cidades do Oeste e do Sul gaúcho.

Efeito de uma massa de ar seco e frio de alta pressão que se seguiu à frente fria responsável pela chuva no final da semana passada. Como o tempo abriu muito em quase todo o Estado ontem à medida que o centro de alta pressão se instalou, as madrugadas devem ser ainda mais frias hoje e nos próximos dias com a escassa nebulosidade.


O resfriamento noturno é maior com céu limpo ou com poucas nuvens durante a madrugada. Por isso, algumas cidades devem ter as menores mínimas até agora neste ano nesta terça-feira no Rio Grande do Sul, inclusive na Grande Porto Alegre.

Esse mesmo padrão de tempo aberto e ar seco favorece uma grande amplitude da temperatura (diferença das mínimas e máximas do dia), o que faz com que aqueça rapidamente de manhã com marcas muito agradáveis e termicamente confortáveis nos termômetros em horas da tarde.


A partir do entardecer volta a esfriar acentuadamente, iniciando-se, de novo, o ciclo de resfriamento até o amanhecer do dia seguinte. A maior amplitude térmica é justamente uma das características desta época do ano. (Com foto de capa de Daniel Fleck)

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios