Anúncios

Um forte terremoto no Oeste da Argentina foi sentido em muitas áreas do Centro argentino, no Chile e até no Rio Grande do Sul. A informação  do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) apontou magnitude de 6,6 do sismo e com profundidade de apenas 11 quilômetros, logo raso e com maior potencial de danos. 

O epicentro foi situado perto da cidade de Pocito, na província de San Juan, ao Norte da cidade de Mendoza e ao Sul da cidade de San Juan. As primeiras imagens mostram danos na área próxima do epicentro.

O sismo que ocorreu às 23h46 da segunda-feira (hora de Brasília) foi sentido com força no Centro da Argentina. No Chile, abalo foi sentido em Santiago. Na Argentina, em La Plata, Buenos Aires, Córdoba, San Juan, Rosario e Mendoza. No Rio Grande do Sul, em Santa Maria. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

O correspondente da Globonews em Buenos Aires Ariel Palácios recorda que a cidade de San Juan, próxima ao epicentro desta noite, foi destruída por um terremoto em 1944. Nos anos seguintes, explicou, foi reconstruída com tecnologia anti-sísmica. Em 1977, a cidade sanjuanina de Caucete foi arrasada por um terremoto de 7,4 de magnitude. 

Anúncios