Anúncios

O vento forte da madrugada derrubou árvores (foto abaixo de Tarsila Pereira do Correio do Povo) e postes de energia elétrica em Porto Alegre, o que trouxe problemas no trânsito e falta de luz. No bairro Rubem Berta, um poste de concreto de nove metros e uma árvore caíram sobre uma residência. A região ficou sem luz, bem como outros pontos na cidade. Uma árvore caiu em cima de um carro na rua Marcílio Dias, no Menino Deus. As rajadas de vento ficaram entre 70 km/h e 80 km/h na maior parte da Capital e foram provocadas por um centro de baixa pressão junto ao litoral gaúcho, associado ao ingresso de uma massa de ar mais frio. Os acumulados de chuva foram muito altos em parte de Porto Alegre. Em 24h, até a manhã de hoje choveu 68,2 mm no Lami, 57,9 mm em Belém Novo e 53,8 mm na Restinga, segundo a rede do Sistema Metroclima.




O Rio Grande do Sul amanheceu com frio nesta quinta-feira. As mínimas na madrugada e ao amanhecer foram de 11,1ºC em Canguçu, 12,5ºC em Caçapava do Sul, 13,7ºC em Encruzilhada do Sul, 13,8ºC em Bagé e 13,9ºC em Quaraí. Na Serra e nos Aparados, as mínimas desta quinta vão ocorrer agora entre a tarde e a noite. No Uruguai, fez apenas 9ºC em Mercedes. Várias cidades uruguaias tiveram 11ºC e 12ºC. Na Argentina, fez só 8,9ºC no Aeroporto Internacional de Ezeiza. No interior da província de Buenos Aires, as mínimas chegaram a 4,2ºC em Tandil e 4,5ºC em Tandil. O Rio Grande do Sul terá madrugadas frias nesta sexta e no fim de semana com 15ºC a 17ºC na área metropolitana e ao redor de 10ºC na Serra e Aparados. Mínimas de 11ºC a 13ºC ocorrerão em cidades do Alto Jacuí (Cruz Alta), Planalto (Passo Fundo) e do Alto Uruguai (Erechim).

Anúncios