Anúncios

Xinhua

As piores enchentes na China em décadas são o mais novo obstáculo na luta contra o coronavírus. O país concentra grande parte da produção mundial de equipamentos hospitalares e de proteção individual.

As inundações afetaram envios de materiais cruciais usados ​​na fabricação de equipamentos de proteção individual, causando atrasos em remessas de EPIs para os Estados Unidos e outros países de até três semanas.

Uma reportagem da agência de notícias inglesa Reuters noticiou  que as províncias de Anhui, Jiangzi e Zhejiang, juntamente com a cidade de Wuhan, declararam alertas vermelhos na semana passada antes das inundações do rio Yangtze e pediram aos cidadãos que fiquem em casa.

Xinhua

Xinhua

A nota observou que a China normalmente vê o rio Yangtze inundando a cada verão, mas este ano a cheia é muito maior com problemas na cadeia de suprimentos de vários produtos, incluindo EPIs. 

Xiantao, localizada a Oeste de Wuhan, é o maior fornecedor de tecidos da China usados para fabricar EPIs, e Wuhan fornece um terço do total de exportações de produtos hospitalares do país.

Anúncios