Anúncios

A MetSul Meteorologia alerta para um novo episódio de chuva excessiva com volumes muito altos a extremos no Sul do Brasil, imediatamente na sequência de outro evento de precipitação volumosa e que fez estragos principalmente no Sul de Santa Catarina, onde só na sexta choveu até 300 mm.

Segundo a análise da MetSul, a chuva será freqüente nesta semana e no começo da próxima na parte meridional do Brasil. Os maiores acumulados devem se concentrar na Metade Norte gaúcha (Noroeste, Missões, Alto e Médio Uruguai, PlanaltoMédio, Serra e Aparados da Serra), em Santa Catarina (Oeste e Meio-Oeste) e no Paraná (Centro, Oeste e Sul do Estado). Nestas regiões, os volumes nos próximos sete a dez dias devem variar de 100 a 200 mm, mas com marcas superiores. Há dados indicando acumulados tão altos nos próximos dez dias quanto 200 a 350 mm em parte de Santa Catarina e do Paraná.


Última projeção de chuva para 10 dias do modelo canadense

Diante de tal cenário, o risco de inundações, enchentes, quedas de barreiras e deslizamentos será alto neste fim de maio e no começo de junho no Sul do Brasil, em particular em Santa Catarina e no Paraná.

Aqui no Rio Grande do Sul, ante a tendência dos maiores volumes se darem no Norte do Estado, a bacia do Rio Uruguai vai exigir muita atenção nas próximas duas semanas ante a perspectiva de que o excesso de chuva nas cabeceiras leve a um quadro de cheia.


Além da chuva volumosa, a semana que começa tem ainda o risco de temporais com granizo em pontos isolados do Sul do país, não se descartando alguns episódios significativos.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios