Anúncios

Imagem de satélite da tarde de hoje mostrando o ciclone no Atlântico e cuja circulação trouxe chuva em pontos do Leste do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira | NOAA

A circulação de umidade de um ciclone no Oceano Atlântico trouxe instabilidade hoje (26) para o Leste do Rio Grande do Sul. Houve registro de chuva e garoa em diferentes pontos do Leste do Estado, caso de Porto Alegre que registrou precipitação leve durante o período da tarde.

Em razão da nebulosidade, Campo Bom registrou hoje a máxima mais baixa do ano até agora com 22,8°C. Superou a anterior de 23,3°C no dia 30 de março. A máxima na estação a 100 metros de altitude em Lomba Grande, em Novo Hamburgo, foi de 21,6°C. Foi a menor máxima desde o dia 6 de dezembro de 2020 quando a máxima foi de 20,8°C. A máxima na estação a 35 metros de altitude no mesmo bairro hamburguense foi de 22,6°C,  a mais baixa desde o dia 6 de dezembro de 2020 quando a máxima foi de 21,8°C. 


O ciclone extratropical no Atlântico está a Leste da Argentina. Não se trata de um sistema intenso e sua pressão mínima central na manhã desta segunda-feira era de 1.002 hPa. O ciclone impulsiona ar frio para o Rio Grande do Sul que teve hoje a menor temperatura do ano até agora no Estado com 1,4ºC em Soledade com formação de geada.

Porto Alegre teve muitas nuvens, chuva leve e garoa hoje à tarde com a circulação do ciclone | Fernando Oliveira

Nesta terça (27), a circulação de umidade de um ciclone no Atlântico ainda traz chuva muito isolada e passageira para pontos do Leste e do Nordeste gaúcho, em pontos como da Serra e do Litoral. A instabilidade, entretanto, será menor que hoje e precipitação vai ocorrer em menor número de pontos. A Metade Oeste e o Norte do Estado seguirão com tempo seco e mais aberto, inclusive com amplos períodos de céu claro.


O restante da semana no Rio Grande do Sul terá o predomínio do sol com ar mais seco. Com tempo seco e mais aberto, as mínimas serão menores na Grande Porto Alegre e na Serra na segunda metade desta semana.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

E quando volta a chover? Os modelos meteorológicos analisados pela MetSul indicam que a chuva retorna ao Rio Grande do Sul na próxima semana, no começo de maio. Os dados preliminares apontam que os volumes de chuva podem ser altos em algumas áreas, mas apenas no final desta semana se terá uma ideia mais precisa de quanto pode chover neste evento do começo de maio.

Anúncios