Anúncios

COR/Prefeitura do Rio

Um forte temporal alagou ruas e causou transtornos neste sábado (2) na cidade do Rio de Janeiro. A capital fluminense entrou em estágio de atenção e 21 sirenes soaram em nove comunidades.

De acordo com dados do AlertaRio, em 15 minutos a chuva acumulou no final da manhã deste sábado 28,2 mm na Piedade, 23,4 mm na Rocinha e 19,4 mm no Alto da Boa Vista. Já o acumulado em uma hora alcançou 82,4 mm na Piedade, 59,2 mm no Jardim Botânico e 56,4 mm em Jacarepaguá. 


O temporal que atingiu a cidade do Rio de Janeiro trouxe também vento forte localizado com estragos. Uma massa de ar frio de trajetória oceânica associada a um centro de alta pressão gera fluxo de umidade do mar para o continente que ao encontrar o relevo da Serra do Mar acaba por gerar chuva de natureza orográfica, não raro muito volumosa e excessiva neste tipo de situação meteorológica. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

O ar úmido que vem do mar ascende na atmosfera ao encontrar a barreira do relevo e se resfria, gerando condensação e por efeito chuva. Por isso, sempre que no verão e no começo do outono massas de ar frio mais fortes avançam pelo litoral do Sul do Brasil há um risco grande de chuva volumosa no Rio de Janeiro com alagamentos e deslizamentos de terra. O risco de chuva por vezes forte a intensa segue no estado do Rio de Janeiro segue durante todo este fim de semana. 

Anúncios