Anúncios

O sábado já amanheceu extremamente frio com mínimas negativas na maioria das áreas do Rio Grande do Sul e -6,2ºC em Santa Rosa, mas, como previsto, o início deste domingo seria o auge da onda de frio.

Marcas negativas foram registradas em todas as regiões do Estado, inclusive na Grande Porto Alegre e no Litoral. A mínima foi de 8,0ºC negativos em Pinheiro Machado. Marcas tão baixas quanto ontem foram vistas no território gaúcho na história recente só nas piores ondas de frio da década. Porto Alegre teve 2ºC no Jardim Botânico (Inmet), mas no Sul da cidade fez 0ºC. A geada forte cobriu campos, vegetação, telhados e carros por todo o Rio Grande do Sul.


Em Santa Catarina, igualmente, geada generalizada e frio extremo. Fez 9,5ºC negativos em Urupema.

🥶Urupema: -9,2°C

🥶Painel: -8,8°C

🥶São Joaquim: -8,6°C

🥶Água Doce: -7,9°C

🥶Bom Jardim da Serra: -7,6°C

🥶Ponte Alta do Norte: -7,0°C

🥶 Fraiburgo: -6,8°C

🥶Curitibanos: -6,7°C

🥶Urubici: -6,6°C

🥶Lebon Regis: -6,1°C

No Paraná, que também teve muita geada, 7,1ºC abaixo de zero em General Carneiro. Várias estações do Instituto Simepar, algumas em operação por mais de 20 anos, tiveram recordes de mínimas: Assis Chateaubrind (-1,7°C), Cascavel (-4,0°C), Foz do Iguaçu (-1,6°C), S. Helena (-2,1°C) e União da Vitória (-4,0°C).


São Paulo teve geada e 0,2ºC negativo no Sul da capital paulista. Há quatro mortes por frio confirmadas em São Paulo. Foi a madrugada mais fria desde 2011 no interior paulista. Em Minas Gerais, Delfim Moreira, na Mantiqueira, amanheceu sob gelo e 5,9ºC abaixo de zero. Goiás teve 0,7ºC em Santa Helena. No Mato Grosso do Sul, 0ºC em Amambaí. (Com foto de capa de Leomar Júnior em Lages)

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios