Amanhecer de hoje em São Leopoldo, no Vale do Sinos, onde a mínima foi de 12,2ºC em Lomba Grande (Novo Hamburgo) e a tarde foi de calor e abafamento com máxima de 29,3ºC em Campo Bom | FELIPE MEERT SILVA

O Rio Grande do Sul experimentou uma quinta-feira que em nada pareceu com o mês de julho com uma tarde quente e abafada com sol e nuvens altas na maioria das regiões. A temperatura superou os 30ºC no Noroeste gaúcho e se aproximou dos 30ºC na Grande Porto Alegre. Mesmo com muitas nuvens e chuva em alguns pontos no Sul gaúcho, a área de Pelotas atingiu os 25ºC.

De acordo com dados de estações oficiais, as maiores marcas na tarde desta quinta no Rio Grande do Sul atingiram 29,3ºC em Campo Bom, 28,3ºC em Santa Rosa, 28,2ºC em Santa Maria, 27,9ºC em São Borja, 27,8ºC em São Luiz Gonzaga, 27,7ºC em São Vicente do Sul, 27,5ºC em Teutônia e 27,4ºC em Camaquã.

Já estações automáticas particulares acusaram máximas hoje à tarde de 30,7ºC em Porto Xavier, 30,3ºC em Parobé, 29,6ºC em Porto Vera Cruz, 29,3ºC em Venâncio Aires, Teutônia e em Feliz, 29,0ºC em Santa Rosa, 28,8ºC em Novo Hamburgo, 28,4ºC em Esteio e São Leopoldo, e 28,3ºC em Sapucaia do Sul.


O tempo quente e abafado precede chuva no Rio Grande do Sul, mas não em todo o Estado. Entre esta sexta e o sábado se espera a passagem de áreas de instabilidade em parte do território gaúcho com precipitação. A chuva deve afetar mais pontos do Oeste, do Centro e do Sul gaúcho. Em muitas cidades do Noroeste e do Norte gaúcho não deve cair uma gota sequer.

Mesmo nas cidades em que chover, sobretudo no Sul que terá os acumulados mais elevados, os volumes não devem ser altos nos dois dias. O mapa abaixo mostra a projeção de chuva até 9h do domingo do modelo meteorológico alemão Icon, disponível ao assinante em nossa seção de mapas.


No domingo, embora o sol apareça com nuvens na maioria das cidades, chuva isolada pode atingir novamente pontos do Oeste e do Sul à medida que ar quente cobre o território gaúcho e mantém a sequência longa de dias de temperatura alta para julho que vai se manter ao menos até o final da próxima semana.

Serão várias tardes de calor ou de abafamento no decorrer da semana que vem com predomínio do tempo seco e dias de sol e nuvens até que uma frente fria mude o tempo com chuva mais generalizada no Rio Grande do Sul entre os dias 29 e 30 deste mês. A chuva precede ingresso de ar mais frio, mas modelos ainda divergem sobre a sua intensidade.