Anúncios

Arroios transbordaram na região de Arroio do Tigre (Rádio Sobradinho)

Os alerta que a MetSul Meteorologia fazia desde o fim de semana quanto à chuva excessiva no Centro, Oeste e o Sul do Estado se confirmaram com mais de 100 mm em diversas regiões gaúchas na soma entre segunda-feira e ontem. Até o final da quarta-feira tinha chovido 172,2 mm em São Sepé, 145,0 mm em Vila Nova do Sul, 144,6 mm em Encruzilhada do Sul e em São Luiz Gonzaga, 118,1 mm em Canoas, 114,0 em Canguçu, 107,0 mm em Teutônia e 100,4 mm em Livramento.

Em Porto Alegre, até o começo da noite de ontem, a precipitação somava 102,4 mm. A Capital teve alagamentos e queda de árvores (foto), resultado do solo instável pelo excesso de chuva e o vento que ontem teve rajadas de 50 km/h a 60 km/h.


Diversas regiões registraram, assim, chuva perto ou acima da média histórica do mês de julho inteiro. E a tendência é que chova no Estado até amanhã.

Em São Luiz Gonzaga, inundação bloqueou a ERS-165. No Centro-Serra, a chuva de quase 150 mm provocou o transbordamento de arroios nas áreas de Arroio do Tigre e de Sobradinho, cobrindo pontilhões.


Inundação no Centro-Serra (Rádio Sobradinho)

Em Santa Cruz do Sul, famílias ficaram ilhadas por alagamentos. Entre hoje e amanhã, ciclone se forma no Uruguai e o vento se intensificará muito no Sul e no Leste gaúcho. A frente fria associada ao ciclone cruzará pelo Rio Grande do Sul até amanhã com chuva localmente forte e temporais isolados.  

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios