Anúncios

O ar polar segue avançando pela América do Sul e hoje trouxe mínimas abaixo de zero pelo segundo dia seguido no Estado com -4,1ºC em Pinheiro Machado, -1,2ºC em Pelotas, -0,8ºC em Quaraí, -0,7ºC em São Sepé e -0,2ºC em Herval. 

Se já está frio, vai ficar muito mais. 


Com o reforço de ar polar que ingressa entre amanhã e quinta, são esperados vários dias gélidos em sequência. A sexta em especial vai ser extremamente fria com marcas muito baixas mesmo à tarde. Uma “bolha” de ar excessivamente frio vai estar sobre o Estado com temperatura de até -15°C a 3 mil metros de altitude e -30°C a 5 mil metros. 

Com um centro de baixa pressão na costa, haverá circulação de nebulosidade e instabilidade na sexta e no começo do sábado interagindo com a atmosfera extremamente fria, o que pode resultar em neve.  Há a possibilidade até de convecção, o que favoreceria pancadas de neve.

Nas últimas horas, houve novas mudanças nas projeções de neve pelos modelos. Nas saídas do fim de semana e de ontem, os modelos europeu e americano indicavam um evento significativo de neve com acumulação em muitos locais da Serra e Aparados, além do Planalto Sul Catarinense.

Ontem, segunda, ambos os modelos reduziram não apenas a abrangência da neve como sua intensidade pela diminuição do frio em altitude e da precipitação. Hoje, o europeu manteve seu padrão mais desfavorável à neve pelo perfil mais seco da atmosfera, mas o modelo americano voltou a incrementar a possibilidade do fenômeno e até com acumulação. 

Veja a seguir a diferença na projeção do modelo americano da madrugada de ontem., da tarde de ontem, da madrugada de hoje e da tarde de hoje. 

GFS – Madrugada de segunda

GFS – Tarde de segunda

GFS – Madrugada de terça

GFS – Tarde de terça

Chama atenção igualmente a solução do modelo Cosmos que indica precipitação numa grande área da Serra, Aparados e Planalto Sul Catarinense entre a tarde e noite de sexta e o começo do sábado. Com os índices de precipitação indicados e a temperatura muito baixa, esse modelo em particular indica chance de um evento mais amplo de neve com potencial de acumulação. 

O modelo canadense, por sua vez, concentra a neve mais nos Planalto Sul Catarinense, mas chama atenção como ele projeta chuva avançando pelo Leste gaúcho ao longo da sexta com possibilidade de chuva congelada e neve. 

Chance mais alta, segundo a maioria dos dados, de nevar nos Aparados e no Planalto Sul Catarinense. Possibilidade do fenômeno, segundo alguns modelos, também na Serra, áreas do Planalto Médio, pontos altos do Centro do Estado, Alto Uruguai, Campanha e na Serra dos Sudeste, além do Meio-Oeste catarinense e do Planalto de Palmas no Paraná. 


No fim de semana, as madrugadas devem ser as mais frias desta onda de frio com geada generalizada, forte a até severa em muitas cidades, sobretudo no domingo. Mínimas negativas ou ao redor de 0ºC generalizadas domingo com até -1ºC na Grande Porto Alegre e -6ºC a -9ºC nos Aparados e baixadas do Planalto Médio e da Serra do Sudeste.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios