Anúncios

A MetSul Meteorologia reitera seu aviso de chuva volumosa no Rio Grande do Sul entre esta sexta e amanhã. A imagem de satélite ao lado, do começo da noite de ontem, mostrava muitas áreas de instabilidade se formando na parte central do continente com chuva na Argentina, Uruguai e Metade Oeste do Rio Grande do Sul.

Hoje, com centro de baixa pressão atuando sobre o território gaúcho, a instabilidade deve se intensificar no Estado e atingir maior número de regiões do que ontem, quando a chuva atuou mais no Oeste e no Noroeste.


Todos os modelos numéricos analisados pela MetSul indicam o risco de chuva volumosa entre hoje e amanhã em diversas regiões gaúchas com marcas de 50 mm a 100 mm na maioria dos municípios gaúchos e acumulados em alguns entre 100 mm e 150 mm, isoladamente superiores.

Uma frente fria, associada a um ciclone na costa de Buenos Aires, manterá a instabilidade amanhã com risco ainda de chuva forte principalmente do Centro pro Norte gaúcho. Já no domingo, a despeito do ingresso de ar mais frio, ainda pode chover em pontos como do Nordeste e do Leste do Estado.


E segue também o aviso de risco de temporais no Sul do Brasil. Como a atmosfera estará mais aquecida sobre a Metade Norte gaúcha, Santa Catarina e o Paraná, essas áreas têm maior risco de temporais localizados em que há possibilidade de granizo e rajadas de vento forte. Uma linha de temporais, aliás, deve se formar entre hoje e amanhã no Sul do país, com prováveis tempestades severas para Santa Catarina e o Paraná.  

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios