Uma forte corrente de jato em baixos níveis da atmosfera, um corredor de vento a cerca de 1500 metros de altitude, que se origina na Bolívia e desce até o Sul do Brasil, vai atuar no Rio Grande do Sul nesta quinta. 

O resultado é trazer ar quente e vento do quadrante Norte com rajadas. O vento Norte que já soprou forte no Oeste começa a se intensificar hoje à noite e durante a madrugada na maioria das regiõese vai soprar com rajadas ao longo do dia em diversas áreas do Rio Grande do Sul. 


Santa Maria é uma cidade que costuma ser muito impactada na presença deste tipo de fenômeno e pode ter rajadas fortes com cortes de luz e queda de árvores ou postes. Os vales igualmente costumam sentir mais os impactos de correntes de jato em baixos níveis. Desta vez, cidades do Sul gaúcho, especialmente da Serra do Sudeste, podem ser afetadas.

A MetSul alerta que a chegada de uma frente fria pode trazer vendavais localizados no Sul gaúcho e mesmo um risco marginal de atividade tornadica não pode ser afastado.


O ar quente trazido pela corrente de jato de baixos níveis mantém a temperatura elevada. Diversas cidades vão amanhecer com mínimas muito altas nesta quinta-feira.