Anúncios

A MetSul adverte que uma  ciclogênese explosiva está em seus estágios iniciais com impactos no Sul e parte do Sudeste do Brasil entre hoje e amanhã. O episódio trará chuva intensa para parte da região, tempestades isoladas e muito vento.

O episódio também conhecido como “bomba meteorológica” ou “ciclone bomba” ocorre quando a pressão atmosférica no centro de um ciclone cai em média 1 hPa por hora em 24 horas, ou seja, no mínimo 24 hPa em 24h.  É exatamente o que se espera ocorrerá entre o Sul do Brasil e o Atlântico entre esta terça e a quarta-feira.

A MetSul enumera os impactos esperados hoje e amanhã:

HOJE (30/6)

◾️ Chuva muito volumosa do Centro para o Norte gaúcho com acumulados de 50 mm a 150 mm apenas hoje.

◾️Chuva por vezes forte a torrencial em Porto Alegre e região metropolitana com volumes perto ou acima de 100 mm apenas hoje, trazendo alagamentos.

◾️Temporais com vento e granizo na Metade Norte gaúcha.

◾️ Avanço de uma linha de tempestades por Santa Catarina e Paraná no decorrer do dia com temporais de chuva localmente intensa, raios, vendavais (alguns fortes a intensos com potencial de vento destrutivo), granizo e risco de atividade tornádica.

◾️Vento do quadrante Norte com rajadas fortes a intensas, perto ou acima de 100 km/h, hoje em Santa Catarina e no Paraná. Tempo ventoso em São Paulo.

◾️Intensificação do vento de Oeste e Noroeste pelo ciclone com ingresso de ar frio no fim do dia no Rio Grande do Sul.

AMANHÃ (1/7)

◾️ Vento moderado a forte (40 km/h a 70 km/h) em todo o Rio Grande do Sul. Rajadas intensas (80 km/h a 100 km/h) no Sul e no Leste gaúcho. Rajadas muito intensas (100 km/h a 120 km/h) no Litoral Norte, Aparados da Serra e região da Lagoa dos Patos e entorno, além do Leste de Santa Catarina. Rajadas ocasionalmente superiores em alguns pontos.

◾️Rajadas de vento de 80 km/h a 100 km/h, isoladamente superiores, em Porto Alegre e cidades próximas. Vale do Sinos pelo relevo local tem menor impacto de ciclones.

◾️Transtornos pela intensa ventania como queda de árvores, postes, destelhamentos e colapso de estruturas. Impacto significativo no abastecimento de energia no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul.

◾️Ingresso de ar polar com acentuada queda da temperatura e sensação térmica baixa devido ao vento.

◾️Pequena possibilidade de neve nos Campos de Cima da Serra e no Planalto Sul Catarinense.

◾️Possibilidade de chuva por vezes localmente forte no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul, incluindo Porto Alegre, em razão da circulação ciclônica.

◾️Forte agitação marítima no Litoral do Rio Grande do Sul com elevação da maré e ressaca que pode ser forte. 

◾️Vento do quadrante Norte com muito alta temperatura na madrugada em São Paulo, especialmente no Litoral como na Baixada Santista. 

Anúncios