A MetSul alerta para o risco de cheias de rios e enchentes no Rio Grande do Sul. Um centro de baixa pressão vai trazer chuva muito volumosa entre terça e quarta-feira para parte do território gaúcho com acumulados acima de 100 mm numa extensa área e com marcas potencialmente de 150 mm a 200 mm em alguns pontos da Metade Norte.

O mapa acima mostra a projeção de chuva para a semana do modelo alemão Icon. Observa-se a tendência de chuva muito volumosa em uma grande área do Centro para o Norte do Rio Grande do Sul. Preocupa, em especial, a projeção de chuva muito volumosa na região da Serra Gaúcha.


Isso porque a região já teve muita chuva na última semana pelo ciclone bomba e agora terá chuva volumosa novamente com os rios ainda altos. Preocupam bacias como as do Caí, Taquari-Antas, Paranhana e o Sinos. O Gravataí também exige atenção. Na semana passada o Caí registrou cheia com o rio atingindo 12 metros em São Sebastião do Caí e deixando desabrigados.

Prefeitura de São Sebastião do Caí

Para que ocorram volumes tão altos certamente haverá períodos de chuva muito intensa e isso pode levar a altos volumes em curto períodos com alagamentos, deslizamentos de terra, queda de barreiras, e transbordamento de arroios e córregos. Na última semana, um homem morreu em deslizamento de terra pela chuva na Serra Gaúcha.