A preocupação com risco de tempo severo nesta sexta (12) passa a ser parte do Oeste do Rio Grande do Sul e o Sul gaúcho. Frente quente traz poderosas áreas de instabilidade nestas regiões aindana madrugada de hoje e que vão continuar ao longo do dia com tempestades fortes a severas de granizo de variado tamanho (alto o risco de granizo grande isolado) e vendavais. 

Os temporais serão isolados, mas a chuva será mais ampla na Metade e com volumes altíssimos em muitas áreas, acima da média histórica de precipitação de junho inteiro em apenas um dia. Em faixa entre a Campanha e o Sul do Estado só hoje pode chover de 100 mm a 150 mm ou até isoladamente mais. Por isso, cidades como Bagé, Pelotas e Rio Grande têm risco de temporais e alagamentos. 

Chuva prevista para hoje pelo modelo WRF

Chuva prevista entre hoje e domingo pelo modelo WRF

Outro risco hoje é vento Norte forte a intenso. Uma corrente de jato em baixos níveis da atmosfera, um corredor de vento a cerca de 1500 metros de altitude, que se origina na Bolívia e desce até o Sul do Brasil, vai atuar no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira. 


O resultado será trazer ar quente e vento do quadrante Norte com rajadas. O vento Norte começa a se intensificar no Oeste hoje à noite e vai soprar com rajadas do Centro pro Norte gaúcho ao longo da sexta. Santa Maria é uma cidade que costuma ser muito impactada na presença deste tipo de fenômeno e pode ter rajadas fortes com cortes de luz e queda de árvores ou postes.

O ar quente trazido pela corrente de jato de baixos níveis vai elevar muito a temperatura. Cidades do Centro para o Norte gaúcho devem ter um dia com cara de primavera com máximas muito acima do que é normal para a época do ano com marcas até ao redor ou acima de 30°C em alguns pontos, como nos vales e na Grande Porto Alegre.


A frente agora no Sul gaúcho começa a avançar para Norte à noite como um sistema frontal frio e trará chuva forte e temporais neste sábado, especialmente na primeira metade do dia, do Centro pro Norte gaúcho e no decorrer do sábado para a maior parte de Santa Catarina e alguns pontos do Paraná. 

Ao encontrar uma corrente de jato (vento) em baixos níveis da atmosfera há possibilidade de temporais isolados e até tornados não são descartados no Norte e no Nordeste gaúcho e em Santa Catarina amanhã. 

Ar polar fará a temperatura despencar neste sábado e o domingo começará gélido em parte do Estado.