Anúncios

Éder Wiedenhöft/Arquivo

A MetSul Meteorologia alerta para complexo cenário meteorológico entre esta sexta-feira e o domingo que trará calor muito intenso para parte do Rio Grande do Sul, vento forte a intenso e risco de registro de temporais, alguns fortes a severos, com potencial de vendavais e granizo em perigoso cenário de tempo severo. As mudanças do tempo já devem ocorrer a partir desta sexta, mas não em todo o Estado, devendo a instabilidade afetar todas as regiões gaúchas ao longo do fim de semana, especialmente no domingo.

Ar muito quente está ingressando no Rio Grande do Sul a partir do Norte da Argentina e elevou a temperatura para 32,3ºC nesta quinta-feira em Santa Rosa, Noroeste gaúcho. O fluxo de ar quente para o Estado vai aumentar entre esta sexta e, sobretudo, o sábado à medida que uma corrente de jato em baixos níveis, transportando ar quente, tende a se intensificar e atuar sobre o território gaúcho. Esta corrente de vento a cerca de 1.500 metros de altitude ganha força a partir do sábado e, especialmente, no domingo sobre o Estado.

As projeções dos modelos indicam esta corrente de jato com intensidade atipicamente forte com vento de até 120 km/h a cerca de 1.500 metros de altitude. Com isso, há risco de vento Norte com rajadas fortes a ocasionalmente até intensas de vento do quadrante Norte durante o fim de semana, especialmente na região de Santa Maria, nos vales e na Metade Norte gaúcha. Há risco de forte vento do quadrante Norte ainda nos estados de Santa Catarina e do Paraná, especialmente no Oeste, assim como no Mato Grosso do Sul e no Paraná no domingo.

Projeção de vento a 1.500 metros de altitude do modelo GFS para sábado à noite

Projeção de vento a 1.500 metros de altitude do modelo GFS para madrugada do domingo

Projeção de vento a 1.500 metros de altitude do modelo GFS para meio-dia de domingo

A influência deste corredor de vento na baixa troposfera deverá se dar igualmente com a temperatura. Ar muito quente invade o Estado e traz calor muito intenso, em jornada mais típica de muito calor de verão, especialmente no Norte e no Noroeste gaúcho. São esperadas marcas de 37ºC a 38ºC na Fronteira Oeste e no Noroeste, não se descartando mesmo registros perto de 40ºC em alguns pontos. Em cidades do Norte, mesmo de maior altitude, como do Planalto Médio e Alto Jacuí, as máximas podem alcançar entre 32ºC e 34ºC no sábado.

Projeção de temperatura do modelo WRF para a tarde de sábado

No Sul e no Leste do Rio Grande do Sul, por instabilidade, não se espera aquecimento com tal magnitude e em algumas cidades sequer faz calor. Por conta da atuação muito forte do jato, a madrugada e a manhã do domingo pode anotar temperatura atipicamente alta em diversas cidades do Centro e o Norte do Rio Grande do Sul, até ao redor de 30ºC em vales e encostas da Serra.

Esta instabilidade é o ponto mais difícil do prognóstico. O modelo de alta resolução regional WRF, em projeção que não é acompanhada pelos modelos globais, indica que entre a tarde e noite desta sexta-feira se formaria uma frente quente no Rio Grande do Sul. Sinaliza chance de instabilidade isolada entre o Oeste e o Centro gaúcho depois atingir o Sul e o Leste gaúcho no final do dia e no começo do sábado.

Projeção de instabilidade do modelo WRF para 0h de sábado

As frentes quentes, por regra, trazem chuva forte isolada, raios e granizo isolado, risco que não está descartado no Sul e no Leste gaúcho no final da sexta e durante o sábado, quando este sistema deve se intensificar nestas regiões.

O dia crítico para tempo severo no Rio Grande do Sul será o domingo, quando uma frente fria vai avançar pelo Estado, encontrando massa de ar muito quente com valores de pressão atmosféricos baixos e ainda sob a presença de intensa corrente de jato em baixos níveis. Esta frente fria começa a ingressar pelo Oeste a partir da madrugada e na primeira metade do domingo já alcança grande parte do território gaúcho. Conforme os dados analisados pela MetSul, há a possibilidade de formação de linha de tempestades, o que agrava o risco de vendavais.

Projeção de instabilidade do modelo WRF para 3h do domingo

Projeção de instabilidade do modelo WRF para 9h de domingo

A MetSul Meteorologia adverte que no deslocamento desta frente fria pelo Rio Grande do Sul durante o domingo se espera chuva em todas as regiões, sem volumes altos na maioria das localidades, mas com ocorrências de chuva localmente forte a intensa por conta de temporais. Algumas tempestades podem ser fortes a severas com potencial de granizo e vento.

Se nos últimos episódios de tempo severo no estado gaúcho, a MetSul indicou granizo como o maior risco, desta vez a maior preocupação é com vento. Há um alto risco de vendavais no deslocamento deste sistema e que, isoladamente, podem ser muito fortes e com potencial de danos. Ante a presença da corrente de jato em baixos níveis muito intensa, o cenário pode se tornar propício a atividade tornádica. Porto Alegre e a região metropolitana estão entre as áreas de risco de tempo severo, assim como grande parte do Rio Grande do Sul.

Com a instabilidade associada à frente fria, a temperatura declina e as cidades que tiveram muito calor no sábado à tarde terão marcas muito menores no mesmo horário no domingo. Ar mais frio ingressa no começo da semana na sequência da frente fria, mas não se trata de uma massa de ar frio de maior intensidade e o resfriamento será modesto na maioria das áreas com mais frio na madrugada da terça no Sul gaúcho e fronteira com o Uruguai.

Anúncios