Anúncios

Paisagem polar em Austin no Texas | Austin DOT

A brutal onda de frio que assola as Planícies Centrais e parte do Sul dos Estados Unidos transformou-se numa grave crise energética e ameaça se converter em desastre humanitário e econômico. 

LEIA MAIS

◾️ Frio traz imagem do filme O Dia Depois de Amanhã nos Estados Unidos. Veja aqui.

◾️Entenda aqui o porquê de o frio excepcional nos Estados Unidos não contradizer o aquecimento planetário

A temperatura nesta terça-feira (16) atingiu marcas não vistas em mais de um século. Fez -34,4ºC em Hastings, Nebraska, igualando o recorde absoluto de mínima de 12/1/1912. Várias cidades do estado igualaram ou bateram recordes absolutos de frio de 1899, 1905 e 1912. Oklahoma City teve -25,6ºC, menor marca desde a abertura do aeroporto local Will Rogers em 1954 e a mais baixa na cidade desde 12/2/1899, quando fez -27,2ºC. Tulsa, Oklahoma, teve -25ºC, quarta menor marca. Dallas, Texas, teve -18,9ºC, segunda menor até hoje, só atrás dos -22,2ºC de 1899. 

Sob frio tão extremo, as pessoas estão sem luz para obter aquecimento e até morrendo de frio em suas casas. Só no Texas são mais de quatro milhões às escuras e as autoridades alertam que o colapso energético pelo frio seguirá por dias.

O estado não tem sistema interligado de energia com o resto do país e a geração despencou com demanda recorde. Instrumentos e equipamentos congelaram em usinas de gás, carvão e nucleares. O suprimento de gás, a principal fonte das usinas, colapsou. Turbinas geradoras de usinas eólicas congelaram. 

A empresa ERCOT tem capacidade de energia térmica de 70.000 MW, mas perdeu 25.000 a 30.000 com o frio extremo. O plano de emergência da ERCOT no pior cenário previa perda de 14000 MW, mas a perda foi o dobro. Na demanda, o cenário mais extremo dos planos da empresa era de 57.699 MW e esta chegou a 69.150 MW domingo à noite. 

A empresa está sob fortes críticas de autoridades e da população pelo planejamento e gestão péssimos da crise. Enquanto milhares de residências estão sem luz desde o domingo sob frio de -15°C que impede aquecimento, edifícios de escritórios seguiam iluminados no Centro de Austin. 

As autoridades apelaram para que empresas com energia se transformem em centros de aquecimento para a população sem energia. Quem tem dinheiro buscou hotéis que elevaram muito suas diárias, aproveitando-se da crise.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Desastre de planejamento que já tem saldo em vidas. O governo do condado de Galveston já pediu caminhão frigorífico para corpos de vítimas do frio. São vinte apenas na localidade e o número vai aumentar.

Anúncios