Anúncios

MetSul Meteorologia alerta que se instala a partir desta sexta-feira padrão de tempo mais instável que vai marcar o restante desta primeira quinzena de junho no Sul do país. Chove todos os dias nos próximos dez dias no Sul do Brasil. Em alguns, a chuva afetará poucos pontos. Em outros, como nesta sexta-feira, as precipitações serão generalizadas.

O mapa mostra a projeção de chuva do modelo canadense para os próximos dez dias no Sul do Brasil. Observa-se a tendência de volumes muito elevados, em algumas áreas até acima de 200 mm, entre o Norte do Rio Grande do Sul e o Paraná.


Um centro de baixa pressão (vórtice ciclônico) que migra do Paraguai para o Centro da Argentina traz chuva nos três estados do Sul nesta sexta. As precipitações em muitas cidades do Rio Grande do Sul serão por vezes moderadas a fortes com chance até de pancadas localmente torrenciais nesta sexta.


Devido à atmosfera resfriada e por ser o sistema o que em Meteorologia se define como “baixa fria” com ar frio ao redor do centro, alerta-se para o risco de granizo localizado em ocasionais temporais.

Os volumes de chuva só nesta sexta podem superar 50 mm em diversos municípios com marcas perto ou mesmo acima de 100 mm em alguns. A Grande Porto Alegre está entre as áreas que pode anotar chuva por vezes moderada a forte. No mapa, a tendência de chuva pelo modelo WRF até 21h de sábado em que se constata a tendência de chover 100 mm ou mais em alguns pontos.

O centro de baixa pressão vai trazer também vento. No decorrer destas sexta, o vento tende a se intensificar no Rio Grande do Sul. O Sul e o Leste do Estado, incluindo a área de Porto Alegre, são as áreas com maior propensão a ter rajadas fortes e ocasionalmente intensas acompanhadas de chuva entre a tarde e noite de hoje e o começo do sábado.

Em alguns pontos do Sul e do Leste gaúcho, as rajadas podem atingir de 70 km/h a 90 km/h, mas com marcas isoladamente superiores. Vento com tal intensidade pode provocar transtornos como queda de árvores e cortes isolados de luz. O mapa mostra a projeção de vento do modelo WRF para o final da sexta-feira no Sul do Brasil.

No fim de semana, a chuva mais volumosa se afasta para o oceano, mas o tempo não firma. São esperadas aberturas de sol em diversas regiões, mas haverá períodos de muitas nuvens no sábado e no domingo com possibilidade de chuva e garoa, mas com volumes mais baixos, pela circulação de umidade da área de baixa pressão.

No domingo, na segunda e na terça, as precipitações serão inexpressivas e em poucos locais com o sol aparecendo com nuvens em meio a períodos de nublado a encoberto. Na quarta-feira, a chuva volta a se intensificar e atinge principalmente a Metade Norte gaúcha, prosseguindo na quinta e na sexta no Norte do Rio Grande do Sul.

Anúncios